Arvorismo e tirolesa são daquelas combinações perfeitas, sabe? Tipo arroz e feijão, sol e praia, mochilão e aventura, montanha e escalador… Deu para entender, né? rs

Essas atividades radicais estão ficando cada vez mais comuns (ainda bem!), mas ainda existem muitas pessoas que não conhecem ou não entendem como funciona. E geralmente temos mais medo do que não conhecemos direito.

Por isso, vamos explicar o que é arvorismo e tirolesa, e como os dois se encaixam em um circuito de aventura. Quem sabe explicando melhor não criamos uma curiosidade em outras pessoas e trazemos mais pessoas para o lado de cá, da aventura!



Mas, antes de realmente começarmos as teorias, é importante deixar claro que ambos são esportes radicais, por isso as regras de segurança devem ser respeitadas para que o ”frio na barriga” seja inesquecível e repetido várias outras vezes.

É fundamental a utilização correta de equipamentos de proteção individual como cadeirinha e capacete. Também temos que pesquisar bastante sobre o lugar que pretendemos ir e esporte que pretendemos conhecer, para certificar que está tudo dentro de normas de segurança.

Não sabe como identificar que é seguro o brinquedo que pretende ir? Calma, clica aqui nesse link que explicamos tudinho. 

ARVORISMO

Também conhecido como arborismo, é um esporte formado por travessias entre plataformas que estão dispostas no topo das árvores.

Geralmente, a travessia conta com obstáculos que possuem dificuldades variadas de acordo com o local, público alvo e tamanho da travessia.

Essa atividade incentiva os participantes a superarem limites, sendo considerada uma atividade muito boa para crianças, pois trabalha a questão da resiliência, auto confiança e autoconhecimento. Além disso, é muito utilizada em treinamentos empresariais.

Todo circuito de arvorismo/arborismo deve ser praticado com equipamentos de segurança e com acompanhamento de uma equipe de monitores qualificada.

 

TIROLESA

A tirolesa surgiu inicialmente com a ideia de transportar pessoas e recursos de um lado para o outro de um rio, de um desfiladeiro ou similares. Depois de algum tempo ela foi ganhando mais dinamismo até se tornar um esporte de aventura.

Existem tirolesas dos mais diversos tamanhos e intensidades. A maior tirolesa do mundo está localizada no Emirado Árabes Unidos, e possui 2,8 Km de extensão.

A tirolesa é comumente usada como obstáculo final em um circuito de aventura, geralmente usada para ligar o final do circuito ao ponto de saída. Ela liga um ponto a outro com cabo de aço ou corda, em que o praticante desliza com o auxílio de um polia de tirolesa.

Como fazer uma Tirolesa? É uma das perguntas mais comuns, e sua resposta é complexa pois alguns fatores como: altura, comprimento e equipamento utilizados, influenciam na montagem da atração. Mas nesse texto aqui explicamos melhor para você entender porque é tão difícil dizer quanto custa uma tirolesa. 

 

E COMO AS DUAS ATIVIDADES SE UNEM?

E é aqui que a mágica acontece! Ambas as atividades citadas podem fazer parte de um circuito de aventura, que nada mais é que a junção de vários esportes de aventura como parede de escalada, arvorismo e tirolesa.

Circuito de aventura é bastante comum em casa de festas, principalmente quando a festa é infantil. Em buffet infantil, assim como em qualquer outro lugar, a operação do circuito é feita por monitores treinados e especializados.

Quer um dica de um pessoal que sabe tudo desse assunto? Nerea! 
Dá uma olhada no site deles ou entra em contato pelo (31) 3225-5721!